sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Na série "Deus Inc.", a HBO faz uma crítica à exploração das religiões midiáticas, apontando os perigos do fundamentalismo usado como meio de enriquecimento em linguagem muito de acordo com o atual estágio do capitalismo-neoliberalismo


Produção mexicana "Deus Inc." critica duramente a exploração da fé: "É trágico que a fé seja explorada por alguns para seu próprio benefício", diz protagonista

Fonte do texto: On
A HBO lança neste domingo (24) a produção mexicana "Deus Inc.", que promete mexer em uma ferida muito sensível, principalmente nos dias de hoje: o fanatismo religioso. "A palavra-chave da série é fanatismo", explicou o protagonista Rafael Sánchez Navarro em entrevista ao iG na Cidade do México.

Rafael Sánchez Navarro estrela
Divulgação/HBO
Rafael Sánchez Navarro estrela "Deus Inc.", nova série da HBO

O ator interpreta Salvador, um pesquisador que escreveu um livro sobre um filósofo que teria criado o conceito de Deus na Antiguidade. Após passar 10 anos no Oriente Médio e descobrir a tumba do pensador, o personagem volta ao México e descobre que seu livro foi plagiado e é usado como uma espécie de bíblia de uma seita que explora os moradores de uma região carente da capital mexicana.
A nova produção latinoamericana da HBO toca em um tema que é um tabu na região, a religião. Para Sánchez Navarro, discutir esse assunto é algo muito necessário. "Você não vê Hollywood falando de religião, por exemplo. É um assunto importante que deixará coisas a serem pensadas", explicou o mexicano.
O ator acha importante falar sobre o assunto por considerar a fé algo necessário, mas vê o fanatismo como um perigo que a ronda. "Eu acredito que, como seres humanos, nós precisamos de fé para continuar. Você pode ter em você mesmo, no futuro, no destino, em qualquer coisa", explicou.
"É trágico e muito perigoso que a fé, tão necessária para as pessoas, seja explorada por alguns para seu próprio benefício. E olha o que o mundo está vivendo hoje por causa da palavra fanatismo, antes da religião", disse. Ele ainda faz questão de destacar que o fanatismo é algo muito diferente de religião. "Você pode achar fanatismo até no futebol", exemplificou.
Timing perfeito
Produzida há três anos, a série será lançada em um momento em que as tensões religiosas estão ainda mais exacerbadas. "Acho que foi uma premonição", brincou o ator. "Nunca achamos que a série seria lançada nesse momento em que sabemos o que está acontecendo ao redor do mundo", continou.
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
Imagens da série 'Deus Inc.'. Foto: Divulgação/HBO
1/7
Mas ele também acredita que o fanatismo não é um fenômeno recente. "Eu acho que o fanatismo foi assim sempre. A Alemanha nazista e o Império Romano são exemplos de exploração da fé", explicou.
Salada de temas
O primeiro capítulo de "Deus Inc." mostra que a HBO não poupou esforços para que a série fosse uma superprodução. Com cenas no deserto da Califórnia e 43 mudanças de cenário por episódio, o seriado de Santiago García teve 40 locações e não deve nada visualmente a hits do canal como "Game of Thrones" e "Girls".

Sacerdote mascarado é líder de seita maligna em
Divulgação/HBO
Sacerdote mascarado é líder de seita maligna em "Deus Inc.'

Apesar do fanatismo religioso ser o fio condutor da trama, a história tem outros desdobramentos. "O tema principal é fanatismo e as origens de Deus, mas temos 12 capítulos para contar a história", lembrou Rafael Sánchez Navarro.
Por isso, a série ainda mostra os conflitos familiares de Salvador, que abandonou a filha e a esposa para embarcar na jornada rumo ao oriente médio, e toda a disputa entre o pesquisador e a seita que usa seu livro roubado.
À primeira vista, a impressão é de que as subtramas acabam tendo mais importância que a história principal, mas o ator garante que os escritores fizeram tudo da melhor maneira possível. "O tema se tornou muito acessível, com muitas cenas de ação, muito romance e humor", disse o artista.
A veia religiosa e tradicional da América Latina não assusta Rafael Sánchez Navarro: para ele, "Deus Inc." será bem recebida por aqui, mesmo sendo ácida. "Eu espero que a série seja bem recebida porque é uma história diferente, é um tema que não é falado na televisão nem no cinema", explicou. "Temos fé de que vai ser um projeto bem sucedido."
video

"Deus Inc."Quando: domingo, 24 de janeiro, às 22h
Onde: HBO
    Leia tudo sobre: Deus Inc • séries • HBO

    Um comentário:

    1. Tava fuçando aleatoriamente , então fico por aqui sabendo da série . Bem que podia num futuro ser exibida pela tv aberta por aqui .

      ResponderExcluir

    Olá... Aqui há um espaço para seus comentários, se assim o desejar. Postagens com agressões gratuitas ou infundados ataques não serão mais aceitas.