quarta-feira, 3 de junho de 2015

Mariana Godoy abre o verbo sobre a manipulação jornalística e o clima de ódio golpista da Rede Globo




  Mariana Godoy, a bela e competente jornalista e apresentadora de notícias, de quem sempre simpatizei, ganhou agora minha total e irrestrita admiração. Ela desabafa sobre o estilo "padrão Globo" de manipupar,  o jornalismo tendencioso, a construção de falsas verdades especialmente na escrita das pautas impostas, como ela mesmo aponta, pelo já famoso diretor Ali Kamel e seus principais porta-vozes, do proto-hollywoodiano William Boner ao arrogante Arnaldo Jabor, passando pelo não menos enfatuado William Waack.

  Se o amigo que aqui está a ler estas linhas quer mesmo saber mais sobre o "jornalismo" tendencioso e manipulativo da Rede Globo, sugiro veja, abaixo, e escute bem o que disse a jornalista, que passou mais da metade da vida na Globo, sobre como são os bastidores dos jornais da emissora, sua campanha de ódio, golpe e difamação e a "falta de liberdade" para trabalhar, e o poder da podersa eminência parda, Ali Kamel, diretor de jornalismo da emissora.

Carlos Antonio Fragoso Guimarães

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá... Aqui há um espaço para seus comentários, se assim o desejar. Postagens com agressões gratuitas ou infundados ataques não serão mais aceitas.