terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Bob Fernandes: Os mais corruptos fazem de tudo pelo Impeachment contra a... "corrupção". Estudantes deixam Reis e Rainhas nus....


video


Impeachment. As variáveis são muitas. As ruas terão mão única ou mão dupla? O que vai querer o Dinheiro Grande? Até onde irá a "Mídia"?

Dois citados por corrupção, na "Zelotes" e na "Lava Jato", comandaram no TCU a votação das "Pedaladas Fiscais", motivo alegado no pedido de impeachment.

No comando Político do impeachment, Eduardo Cunha, Paulinho da Força & Cia. E a oposição que quer o Poder. Paulinho já é réu no Supremo...

...Cunha dispensa apresentação. Crimes conhecidos, mesmo quando ainda não havia provas suíças. Era poupado por ser aliado e motor do impeachment.

"Mas quem conduz o impeachment é o cargo, não Cunha". A argumentação, cínica, hipócrita, parte de muitos dos que se dizem contra corrupção.

Temer. A Velha Política vendida como "sabedoria". Aos que querem Poder futuro, ou "ajudar", Temer jura não ser candidato em 2018...

Isso lembra a fábula, e parábola, "O Escorpião e o Sapo".

Acusados de corrupção foram, estão sendo investigados e presos. Sem obstrução em relação a governo e governistas.

Alguns dos maiores empresários do Brasil estão presos. Um grande banqueiro está preso. Não funciona mais "culpar" apenas "Us Pulíticus". A corrupção é Sistêmica.

A propósito,o FBI informa: Ricardo Teixeira, Marin e Del Nero receberam R$ 120 milhões em propinas para vender direitos de transmissão de Copas. Do Mundo e várias outras.

Há 60 anos, desde Havelange, essa gangue opera a grande paixão dos brasileiros, e um dos maiores negócios do país, o futebol.

Não se sabe? Não se sabia? Vendiam pra quem? Recebiam de quem?
O governo quer repatriar R$ 200 bilhões. Estima-se que mais de meio trilhão de dólares estão escondidos em paraísos fiscais.

Sonegação: brasileiros devem mais de R$ 1,5 trilhão à União. Paulistanos devem mais de R$ 50 bilhões à Prefeitura.

Em 2013, das ruas saíram mensagens múltiplas, difusas, conflitantes. Agora, estudantes de escolas públicas não apenas obrigaram o governo Alckmin a recuar.

Nesse primeiro round, a ação estudantil ensinou: Brasil afora sistemas de produzir e gerir Poder estão viciados, carcomidos, apodrecidos.

A ventania juvenil escancarou: Reis, e Rainhas, estão nus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá... Aqui há um espaço para seus comentários, se assim o desejar. Postagens com agressões gratuitas ou infundados ataques não serão mais aceitas.